quinta-feira, 1 de junho de 2017

DANCING BRASIL CHEGA NA RETA FINAL COM NOVIDADES


O “Dancing Brasil” de Xuxa Meneghel, que se encaminha para o fim de sua primeira temporada, deverá novidades até o desfecho do programa, que já tem uma segunda temporada confirmada para esse segundo semestre. Segundo informações da coluna Zapping, a partir de agora O “Dancing Brasil”, de Xuxa Meneghel, vai apostar em shows ao vivo para embalar a competição na próxima segunda-feira. Para cantar os temas de uma festa caipira, a Record convidou Daniel e Paula Fernandes. Vale dizer que essa será a primeira ver que o programa da loira contará com artistas famosos se apresentando nos vocais. Na disputa pelo prêmio de R$ 500 mil restam 5 participantes. São eles: Jade Barbosa, Leonardo Miggiorin, Maytê Piragibe, Mika e Sheila Mello.

COLEÇÃO DE CAPAS DE REVISTAS ANTIGAS - NOVA


Xuxa sempre foi rainha de capas de todas as revistas brasileiras, inclusive da revista NOVA. Sonho de todo fã, é de ter todas essas capas, pois é onde que vemos como foi a trajetória de modelo da rainha XUXA.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

PROGRAMA DE XUXA SUPERA AS EXPECTATIVAS DA REDE RECORD

A "Rainha dos Baixinhos", Xuxa, esteve à frente da Rede Globo desde a década de 80. A apresentadora que fez história na emissora acabou seguindo para a Record TV, após supostamente os produtores globais a terem colocado na "geladeira". Inicialmente, Xuxa apresentou um programa no formato de talkshow, que recentemente foi substituído pelo Dancing Brasil por falta de audiência. O que Xuxa não esperava é que a audiência deste segundo programa na Record alavancaria sua carreira, quando muitos dos seus fãs estavam desesperançosos.




O formato do Dancing Brasil é basicamente igual ao de outros programas de dança, inclusive, muito semelhante ao Dança dos Famosos, comandado por Fausto Silva.
O que difere os dois programas é que no da Record a meta é dançar um estilo musical ao som de outro estilo diferente.
Na última segunda-feira (29), o programa comandado por Xuxa Meneguel garantiu o segundo lugar na audiência do Rio de Janeiro. Em Belo Horizonte, o programa marcou 8 pontos garantindo a vice-liderança isolada, com 2 pontos de vantagem sobre o SBT. Em Brasilia, com 6 pontos, também isolou a emissora na vice-liderança. O programa só ficou em terceiro lugar na capital paulista, com 6 pontos, ficando atrás da Rede Globo e do SBT.
Vale lembrar que a saída de Bianca Rinaldi e Tutu pode ter ajudado na audiência da emissora, já que a intérprete de Isaura, transita entre Globo e Record. A atriz constantemente faz trabalhos para as duas emissoras, e isso, para os especialistas, ajuda na obtenção de uma visibilidade e fama maior.
Na mesma noite, o ator Sergio Marone, que até então estava um pouco apagado do programa, literalmente dançou no programa, levando as fãs e até mesmo a Rainha dos Baixinhos à loucura. Xuxa não se conteve nem com a presença de Juno, seu namorado, que assistia ao programa na plateia.
Quem não está gostando muito da vitória da loira é a sua antiga casa. A Rede Globo parece estar incomodada com o sucesso da emissora rival. Circulam na internet informações de que a emissora estaria reunindo advogados para tentar tirar o programa do ar. Segundo a Globo, o programa quebra o direito de exclusividade adquirido pelo programa do Faustão, no quadro "Dança dos Famosos".
O sucesso do programa da mãe da Sasha é tão grande que até mesmo a BBC almeja uma parceria com Xuxa, para que a apresentadora seja âncora do Dancing Latino, que será transmitido para 20 países, entre Argentina, Uruguai, Venezuela e outros.
Há rumores afirmando que a Rainha dos Baixinhos aceitou o convite da BBC, mas não podemos confirmar essa informação.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

BELO HORIZONTE FOI A CIDADE QUE RECEBEU A EDIÇÃO DO XUCHÁ


A eterna Rainha dos baixinhos - e também altinhos - subiu ao palco do Belo Horizonte HALL, no sábado (27), em um show cheio de encanto e emoção. Com única apresentação, Xuxa trouxe o lançamento nacional da Turnê 'XuChá', versão da famosa festa Chá da Alice. Com cenografia lúdica, "paquitas" e "paquitos", efeitos especiais e uma seleção musical de tirar o fôlego, Xuxa convida o público para uma viagem por sua carreira, atravessando gerações. A turnê promete passar por várias cidades do Brasil. O cenário do show, que estreou no ano passado no Rio de Janeiro e virou especial de fim de ano da Record ao vivo de São Paulo, contempla até mesmo a emblemática nave espacial que levava e trazia a loira no matutino infantil que apresentou por anos na TV Globo, nos anos 80 e início dos 90.


'Ilariê', 'Lua de Cristal', 'Planeta Xuxa' e 'Arco-íris' são alguns dos hits da trilha sonora que sacudiu o público. Além disso, a festa conta com apresentações das DJ's Giordanna Forte e Babi, antes e depois do show, fazendo do Chá da Xuxa uma grande festa. Os figurinos são assinados por Marcelo Cavalcanti, que acompanha a Loira desde os tempos do 'Xou da Xuxa'. Símbolos da moda lançados pela artista e adereços atuais juntam-se a uma cenografia com estética moderna e elementos que ficaram marcados na lembrança de todos os brasileiros, como a famosa nave.


"O figurino é inspirado em Thierry Mugler, de diva pop atual, com direito a botas longas e xuquinha", acrescenta Marcelo.
A direção do show fica por conta da dupla Pablo Falcão, o mesmo diretor dos sucessos "Show das Poderosas", "Poder da Preta", "Chá Rosa", "Chá da Veveta", "Nego Resolve", entre outros e do diretor de arte, que acompanha Xuxa em sua equipe há 17 anos, o Felipe Gois, responsável por todos os projetos referentes à imagem da Xuxa, criador dos projetos gráficos do Xuxa Só Para Baixinhos, produtor e DJ.
"É um espetáculo maravilhoso e que desperta os baixinhos adormecidos que vivem dentro da gente!", diz o diretor Pablo Falcão, que é o idealizador do show.


SALVADOR PODE SER A PRÓXIMA CIDADE PRO XUCHÁ



A festa Chá da Xuxa - o XuChá, versão do tradicional Chá da Alice da Rainha dos Baixinhos, deve ancorar em Salvador no mês de agosto de 2017. Em entrevista ao Bahia Notícias, o empresário Rodrigo Melo, responsável pelo empreendimento artístico Pequena Notável, afirmou que as negociações estão avançadas, porém data e local ainda não foram fechados. O Chá da Xuxa é a décima sétima turnê de Xuxa e reúne os maiores sucessos da apresentadora. O projeto já se apresentou em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Vale lembrar que para cada apresentação, Xuxa seleciona um grupo de drag queens para performar duas canções das Paquitas: Fada Madrinha (É Tão Bom) e Sonho De Verão.

XUXA LEVOU SEU XUCHÁ PARA SEUS ETERNOS BAIXINHOS DE BH





Aos 54 anos, a apresentadora Xuxa ainda é lembrada como a “Rainha dos Baixinhos” devido ao sucesso com o público infantil. Mas, desde que deixou a Globo, a loira tem se arriscado mais. Além dos programas que comanda na RecordTV, a volta da artista aos palcos também demonstra tal mudança de postura. E fãs belo-horizontinos puderam conferir de perto o lado mais ousado da rainha no Chá da Xuxa (Xuchá), a festa que marcou a capital mineira no último final de semana. O  evento trouxe a Xuxa acompanhada de paquitos descamisados e de algumas drag queens dançarinas que também apareceram no lugar da antigas assistentes de palco da apresentadora. Para os mais saudosistas, a nostalgia ficou por conta dos hits da carreira dela como Fada Madrinha (É tão bom) e Sonho de Verão. A festa comandada por Xuxa surgiu com foco para o público LGBT. Artistas como Ivete Sangalo, Valesca Popozuda, Anitta, Ludmilla e Alinne Rosa já tiveram suas próprias versões do show, que faz bastante sucesso por onde passa. Para se ter uma ideia, o evento que tem a “Rainha dos Baixinhos” como atração principal já se transformou até em especial de fim de ano da RecordTV.

SAIBA QUAL PROGRAMA IRÁ SUBSTITUIR O DANCING BRASIL



Record TV já definiu qual programa substituirá a primeira temporada do Dancing Brasil, reality show apresentada por Xuxa Meneghel.
Segundo o jornalista Flávio Ricco, do “UOL”, a direção da emissora escalou Repórter Record Investigação de Domingos Meirelles.
Enquanto a Record TV prepara a segunda temporada do Dancing Brasil, o programa ocupar horário com exibição de reportagens inéditas.